Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2017

Diga-me com quem bebes e te direis quem és!

Imagem
Em suas andanças por este maravilhoso mundo cervejeiro o mestre Marco Falcone cultivou várias amizades com alguns dos bons produtores, sommeliers, bebedores e profissionais do setor.

Veja abaixo o que eles dizem sobre o "Xamã" das cervejas especiais:




Maurício Beltramelli é escritor do livro Cervejas, Brejas e Birras, criador do maior e melhor site de cerveja do Brasil e é sommelier de cerveja pelas Doemens.





Sady Homrich é cervejeiro, sommelier de cerveja e baterista da banda “Nenhum de Nós” de Porto Alegre.






Carlos Henrique é sócio da Cervejaria Espírito Santo, presidente da Acerva Capixaba e proprietário do laboratório CETAN, que produz as leveduras Dr. Yeast.






Alexandre Bazzo é sócio e Mestre Cervejeiro da Cervejaria Bamberg, uma das cervejarias brasileiras mais premiadas do mundo.






Leonardo Botto é um dos maiores ícones da cultura cervejeira no Brasil, é fundador da Acerva Carioca e Brasil, foi professor da maioria dos homebrewers brasileiros e é sommelier pela Doemens.


Sobre o Mondial de La Bière

Imagem
O Mondial de La Bière é um festival mundial de cervejas que ocorre no Rio de Janeiro em 2017, de 11 a 15 de outubro (acontece em outras cidades do mundo, como em Montreal - Canadá), de 6 a 9 de junho de 2018 e Mulhouse (França). 



Paralelamente é realizado um concurso de cervejas, o MBeer Contest Brazil, para o qual fui convidado a ser um dos 12 jurados internacionais. Posteriormente faremos outro post, sobre o concurso, suas regras e peculiaridades.




O festival recebe cervejarias de vários estados, algumas de outros países, mas este ano notamos um decréscimo de cervejarias do Sul, sobretudo a Tupiniquim, de Porto Alegre. Os custos de deslocamento são relevantes e notamos a tendência cada vez mais de cervejarias mais próximas.


O local do evento é fantástico, no revitalizado Pier Mauá, ocupando os gigantescos galpões 2, 3 e 4, que apesar de cheios, proporcionaram conforto aos visitantes. 


Bons estandes, bem decorados, bons banheiros (mas com fila nos momentos de rush) e estações para l…

Viagem ao Peru

Imagem
Quando convidado a viajar para Lima, confesso que relutei. Apesar da admiração pelas civilizações pré-colombianas, por sua rica história, suas paisagens inebriantes, minha prioridade sempre foi voltada para o velho mundo.
Uma viagem de férias envolve o dispêndio de recursos que não são poucos, portanto sempre procurei canalizá-los a roteiros que remontam a cerveja no contexto da cultura ocidental, focando sempre nas três grandes e tradicionais escolas cervejeiras, ou seja, Alemã, Belga e Inglesa. Nos anos de 2015 e 2016 iniciei minha incursão em países do leste europeu e era o que pretendia fazer até o momento da possibilidade de visitar a terra dos Incas.
Vários foram os atrativos, apesar dos poucos 7 dias. Entre eles, me hospedar no ótimo Hotel La Paz,  de propriedade da família adorável de meu amigo e aluno Miguel Gastelumendi, residente e radicado em Belo Horizonte, casado com a Belorizontina Rosana (Zane), que nos receberam com incrível fidalguia e tornara a viagem inesquecível.


 E ma…

A reativação do Cultura Cervejeira

Imagem
Em 2009 vi a necessidade da criação de um blog que deixasse registradas a minhas experiências cervejeiras. O formato blog foi escolhido como uma alternativa moderna à época e me permitia a operação de forma simples, eu mesmo operando de qualquer lugar com meu inseparável notebook. 
(Marca oficial entre 2009 e 2017)

Naquele tempo os smartphones não tinham a versatilidade de hoje, e nem as redes sociais. Em 2012, com o surgimento de outras redes sociais e o aumento significativo de minhas atividades no segmento cervejeiro, abandonei o blog e comecei a atualizar minhas informações, inicialmente pelo twitter e depois pelo facebook.
Em 2017, revendo quantas histórias e quanto conteúdo relevante tinha ficado arquivado, e, como isto podia ter contribuído aos seguidores da época, vi a necessidade de reativar, ampliando para as demais redes sociais, ou seja, facebook, página na internet e instagram. Vi ainda a possibilidade de formar cultura cervejeira através de cursos à distância.

(Nova marca…